Dear Friends / Caros Amigos

DF 32 - Bananas & Contact Lost

Setembro de 2003

Muito obrigado por todos os cumprimentos. Foi a mais cansativa de todas as vezes em que fiz 58 anos.

A foto na parte de trás da capa de Bananas é aquela (de um jornal australiano) que o Roger Glover achou. Ele levantou e disse: "isso é que é capa pra um disco". Eu disse: "Não é uma capa de disco; é uma foto de jornal"... mas ele estava certo, não é?... bom, quase...

...De fato, ela acabou na contracapa do disco, e uma das fotos brilhantemente espontâneas de Bruce está na frente. Isso não reduz a natureza ou a importância do impacto daquela evocativa foto original.

Cada foto conta uma história, e a primeira coisa que me veio à cabeça foi a triste notícia de que nenhuma daquelas bananas vietnamitas tinha chance de chegar à União Européia. Eu sei, eu sei, já martelei isso no último CA (de julho), mas a desingenuidade da Idiocracia (os reguladores da EU) e do Inimigo (os proprietários e detentores dos royalties sobre os produtos transgênicos) sempre devem enfrentar desafios e resistência, certo?

Chega disso por enquanto; basta dizer que a história é bem mais que um trocadilho barato; sim, estamos todos irados, mas não é aí que se queria chegar, né?

A faixa que fecha Bananas, Contact Lost, diz respeito à missão STS-107 da NASA, cuja equipe estava a bordo do trágico vôo final da Columbia.

Em particular, Kalpana Chawla era uma amiga, uma aficionada pelo Deep Purple. Ela tinha conseguido levar uns CDs do Purple durante a missão, e uma de suas seleções para iniciar outro turno de 12 horas era "Space Truckin'".

Por algum tempo antes de nossa sessão de gravação do Bananas, estivemos atualizando uma seção no website Caramba, amavelmente escrita especialmente para nós pelo marido de Kalpana, JP Harrison. (Você ainda pode achar esse material nos arquivos).

Durante a missão, escrevi para a Kalpana e ela respondeu da Columbia, por email:

Alô, Kalpana e amigos Space Truckers,
Estamos acompanhando seus progressos tão de perto quanto possível de nosso estúdio de gravação em Los Angeles. Saber que vocês estão zunindo aí em cima deu uma dimensão extra à eletricidade no ar daqui de baixo; vou me certificar de que vocês recebam as primeiras cópias do CD resultante.
Sucesso contínuo para sua missão, com um forte abraço de todos nós do Deep Purple e também da Equipe Caramba,
Ian Gillan

Prezados Ian e Turma,
Muito obrigada por sua mensagem. Finalmente, temos pernas espaciais e estamos curtindo as transições de eixo, as magníficas vistas e o trabalho.
Tudo de bom pra vocês.
Kalpana

No sábado, 1º de fevereiro, se desenrolaram os eventos horríveis no céu no caminho de reentrada da Columbia. Corremos para o estúdio, sem conseguir falar; não ia dar pra compor nada naquele dia. Steve Morse chegou e todos nos abraçamos. Ele foi direto para a sala e pediu a Mike Bradford para gravar a música que ele tinha acabado de escrever enquanto via a morte da Columbia... e deu a ela o nome Contact Lost.

A música nem sempre precisa de palavras para ser lírica, e Steve Morse teve o dom de falar usando a guitarra quando todos estávamos sem palavras.

Já fui agraciado com várias etiquetas ao longo dos anos. Já fui um pop rocker, um gritador de blues, um progressivo, hard e heavy rocker, um roqueiro de heavy metal, um dinossauro, um roqueiro velho e enrugado, um classic rocker, uma lenda (não... não... lenda é o Rei Arthur), um ícone (eita) e mais outras coisas que esqueci.

A maior parte dessas definições não foi escolhida por mim. Não me vejo como uma categoria; nunca quis ser empacotado e jogado numa estante. Nunca tive sonhos de celebridade e estrelato (tá, tive uma vez aos 17 anos). Os rótulos foram escolhidos por outros, doidos pra explorar ou inventar um novo gênero de tempos em tempos... nada de errado com isso. Só não nos vemos desse jeito.

Olho em torno da minha sala e tudo que vejo é um produto da imaginação humana.

And another thing I won't discuss is religion…It always causes a fight.

Estou bastante complacente esta semana, enquanto faço as malas para a turnê. Primeira parada, Brasil.

Saúde,

Ian Gillan

Copyright © Ian Gillan 2003

Voltar para:
return to DF index